Faça seu site em HTML 5 ou WordPress

wordpress

Vamos ser honestos, o Flash já foi bom e revolucionário E incomodou muita gente. Segundo nosso finado amigo Steve Jobs, o Flash não valia a pena por consumir muitos recursos e por questões de interoperabilidade…

E como o Steve Jobs lançava tendência, a decisão dele de investir em tecnologias como HTML5, CSS e JavaScript, deu força à rejeição do Flash por muitas pessoas e empresas. E isso acabou forçando a Adobe a desistir do Flash em dispositivos móveis.

Por isso, fica uma dica a quem para quem está iniciando no mundo digital: Invistam em tecnologias livres e adaptáveis.

Faça seu site em HTML 5 ou WordPress.

Os 4 E’s do e-mail marketing

email-marketing

Você está buscando uma ferramenta de comunicação que além de ser efetiva possa contribuir ao bem comum? O e-mail marketing é conveniente para o seu negócio não somente em relação aos resultados, mas também desde o ponto de vista ético e ecológico. Neste artigo contaremos como.

O fenômeno do mundo digital

Vivemos em um mundo cada vez mais digitalizado. Nossa vida cotidiana, principalmente daqueles que vivem nas grandes cidades, está rodeada de tecnologia (computadores, celulares, câmeras digitais, televisões, tablets, etc).

Este fenômeno cultural se deve a múltiplos fatores que foram ocorrendo ao longo da história e que explicam o desenvolvimento das diversas inovações tecnológicas na área do marketing e da comunicação massiva, cujo objetivo principal é que nossa mensagem chegue cada vez a mais pessoas e com o menor custo possível.

Nas últimas décadas também nos tornamos cientes da escassez e da finitude dos recursos naturais do planeta, o que tem contribuído para o surgimento de movimentos, campanhas e legislações que buscam conscientizar a sociedade e regular o consumo destes recursos (papel, plásticos, água, etc).

Ao mesmo tempo o consumidor está cada vez melhor informado em relação aos seus direitos, olhando com maus olhos as empresas que realizam práticas desleais, que não se preocupam pelo meio ambiente ou que interrompem compulsivamente a sua vida cotidiana com ofertas.

4 grandes benefícios do e-mail marketing

Nesse contexto, o e-mail marketing é uma ferramenta incrível não somente em termos de eficácia e economia de recursos, mas também (quando realizado corretamente) para gerar uma contribuição muito positiva à sociedade sobre ética e ecologia.

Eficaz

O e-mail marketing é o meio ideal para chegar de forma direta, rápida e massiva a milhares de pessoas onde quer que estejam. Em relação à publicidade em mídia impressa, você pode segmentar e personalizar a sua mensagem ao máximo e até viralizar a sua campanha nas redes sociais, aumentando seu impacto e taxa de abertura.

Outra de suas vantagens é a possibilidade de utilizar diversos formatos: você pode incluir imagens, música, vídeos e todos os tipos de ferramentas que ajudem a captar a atenção de seus clientes.

Mas isso não é tudo, com o e-mail marketing você pode comprovar quase imediatamente o sucesso de uma campanha através de diversos relatórios que te permitem medir a taxa de abertura, de clicks e de rejeição, além de fazer um acompanhamento personalizado do comportamento de cada usuário. Isso te permitirá aplicar as correções necessárias.

Econômico

Enviar campanhas de e-mail marketing tem um custo relativamente baixo em comparação com outros meios de comunicação, tais como rádio, TV, SMS, imprensa gráfica, etc. Com o e-mail marketing você poderá chegar rapidamente aos seus clientes economizando tempo e dinheiro. Inclusive, serão descartados diversos gastos com selos, envelopes e impressões. Desta forma, sua capacidade e seu potencial arrasam com qualquer outra alternativa de marketing direto.

De acordo com um estudo de Gleanster, empresa americana de investigação de mercado, a razão mais poderosa para fazer e-mail marketing por parte dos empresários é o seu baixo custo. Levando-se em conta essa informação, basta imaginar quanto se poderia economizar ao enviar uma campanha a dez mil pessoas por e-mail ao invés de utilizar o envio postal convencional. Muito, não?

Ecológico

Tanto a sua produção quanto a sua distribuição são desenvolvidas em um ambiente digital sem utilizar quase nenhum recurso físico e economizando toneladas de papel. Você sabia que perdemos aproximadamente 90 mil quilômetros quadrados de bosques por ano devido à atividade da indústria de papel? Outra razão para apostar no e-mail marketing!

Através de suas campanhas de e-mail será possível manter uma comunicação rápida e direta com seus clientes causando um mínimo impacto ambiental. O que você espera para estar entre as empresas que utilizam alternativas ecologicamente sustentáveis como parte de seu trabalho diário?

Ético

Desenvolvido com responsabilidade e com a premissa do marketing de permissão, o e-mail marketing te permite criar relações éticas, sustentáveis e respeitosas com seus usuários cadastrados, personalizando e segmentando a oferta para atender melhor às necessidades do seu mercado objetivo.

Para isso, basta construir a sua lista com usuários que realmente tenham se cadastrado em sua campanha, sem cair em práticas erradas, como comprar base de dados.

Agora você sabe de todas as vantagens do e-mail marketing e já pode escolher uma aplicação para incorporar essa ferramenta na sua estratégia.

FONTE: IMASTERS

Me vê uma Loja Virtual, no capricho, por favor?

loja virtual

Na época em que internet tinha como trilha sonora aquele barulho infernal da conexão via modem, criar uma loja virtual era para poucos.

Além do investimento, diga-se de passagem, ALTO, você era obrigado a percorrer um caminho muito longo junto ao seu banco e as operadoras de cartão de crédito. Cada bandeira que você pretendia aceitar, um processo diferente. Se não bastasse essa Via Crucis, você assumia todo o risco do negócio, caso fosse vítima de cartão clonado.

Hoje a internet evoluiu. Com o advento dos portais de pagamento como o PayPal e Pagseguro, você passa a aceitar cartões de crédito - e até mesmo parcelamentos - no mesmo dia!

E você?
Já pensou em ter uma loja virtual dos acessórios que produz, dos seus artesanatos, mas a ideia que isso custa caro não deixa você progredir!?

Deixe a Agência Tarrafa prestar esta assessoria para você.

Rede Social é bom, mas não é tudo

redes sociais

As Redes Sociais são parte da estratégia.

Assim como já assistimos a morte do Orkut, vimos o nascimento do Facebook, o ápice de outras redes e o declínio de diversas outras. O próprio Facebook passa hoje por mudanças de perfil de usuários.

Usamos sim as redes sociais, mas são táticas de nossa estratégia online. Nosso foco é em SEO Marketing.

O significado de SEO é Search Engine Optimization. Em português ele é conhecido como Otimização de Sites. O SEO nada mais é do que a otimização de uma página (ou até do site inteiro) para ser melhor compreendido pelas ferramentas de busca. A conseqüência da utilização das técnicas de SEO é o melhor posicionamento de um site em uma página de resultados de uma busca. Por exemplo, ao pesquisar no Google por “Marketing de Busca”, o primeiro resultado é este site. O SEO é uma prática sem garantias, ou seja, nenhuma empresa ou pessoa pode garantir que seu site fique em primeiro em uma busca, pois o único capaz disto seria o próprio site de busca como o Google ou o Yahoo.

E o seu site? Aparece no Google? No comecinho…. ou lá para página dez?

Entre em contato com a Agência Tarrafa, nós podemos ajudar sua empresa a figurar com destaque nos mecanismos de busca.

SEO Marketing ou Link Patrocinado?

link patrocinado

Os Links Patrocinados e o SEO Marketing são estratégias muito procuradas por aqueles que querem a primeira posição no google, aumentar o tráfego de seu site e até mesmo a taxa de conversão. Enquanto que no primeiro vemos resultados mais rápidos, o segundo visa resultados de médio e longo prazo.

Mas não se iluda, uma boa campanha online precisa englobar ambas ações e contar com o planejamento de uma agência de publicidade. Afinal, de nada adianta ter um site e se quer aparecer no quintal do Google.

E-mail Marketing não é spam!

e-mail-marketing

E-mail marketing não é spam, mas a barreira que faz essa separação é muito estreita.

No e-mail marketing existe o consentimento do cliente, mais conhecido como opt-in. Já o spam, você recebe a qualquer momento, sem qualquer consentimento ou cadastro. É indesejado.

O e-mail marketing é uma ferramenta eficaz se trabalhada da forma correta, com atenção aos seguintes pontos:

  1. Solicitação de envio / cadastroopt-in
  2. Personalização de mensagens;
  3. Segmentação;
  4. Design atrativo;
  5. Periodicidade.

O melhor de tudo?

Campanhas de e-mail marketing possuem baixo custo frente as demais mídias.

Jovens abandonando o Facebook

social media

Uma empresa de games dos EUA preparou uma pesquisa para tentar descobrir o motivo da saída dos jovens do Facebook. O levantamento confirmou aquilo que já parecia previsto, quase 68% dos jovens abandonaram o site por excesso de atividades do Facebook, como notificações e anúncios.

O estudo ouviu quase 600 adolescentes americanos, com idades entre 13 e 17 anos, sobre o uso de redes sociais. A pesquisa foi composta quase que igualmente por garotos e garotas, todos com tendência a usar redes sociais e jogar online.

Foi visto que o grupo pesquisado dedica 2h20min do seu dia na Internet – e quase 80% desse tempo (1h50min) é gasto nas redes sociais. De longe, o Facebook é a rede social mais utilizada, sendo que quase 78% dos jovens criaram um perfil no site.

O mais curioso da pesquisa foi aquilo o que ela apontou como “cansaço do Facebook”. Dos adolescentes que criaram um perfil, 19% disseram não visitar mais o site em um período menor que um ano. Perguntados sobre a data do abandono, 68% disseram ter ocorrido dentro dos últimos seis meses.

Para 45% dos entrevistados o motivo da saída foi simplesmente perda de interesse. Outros 28% confessaram ter mais interesse em outros sites. Os motivos relacionados ao excesso de atividade relacionada ao site, seja em notificações ou em anúncios, ficaram entre os principais motivos para quase 68% dos entrevistados.

A situação de outras redes sociais não é melhor. Embora 41% dos entrevistados disseram usar o MySpace, 22% já tiveram um perfil e pararam de visitá-lo. E o Twitter é ainda menos popular: 20% dos adolescentes disseram usá-lo, e 15% disseram já ter entrado nele, mas abandonado a conta.

Speak advertising?

dicionario

Briefing, target, deadline, job… O mundo da comunicação tem sua língua própria e para entender o que os publicitários falam e compartilham nas redes sociais, separamos para você um pequeno dicionário. Confira!

DICIONÁRIO DE PUBLICIDADE E MARKETING.

A

AA Rating

Audiência Média (Average Audience Rating)

Ad/Advert/Advertisement

Anúncio, em inglês

Adman

Publicitário  (adwoman…publicitária)

Advertise

Anunciar.

Advertising

Publicidade, em inglês.

B

Backgroung ou BG

Música de fundo, ou, ainda, conhecimento prévio a respeito de um assunto, assim como compilação de informações sobre um produto, concorrência, mercado, comunicação da concorrência, públicos e mercado.

Banner (Display)

Cartaz em lona ou tecido, ou anúncio na internet com link para site do anunciante.

Bar Code

Código de barras

Benchmark

Algo que serve como um padrão (standard) pelo qual todos os ítens similares podem ser aferidos ou comparados.

Blog

Site de notícias e opinião, ou de informação.

Blueprint

Plano de ação (planta de construção, como as antigas cópias heliográficas, reveladas com amoníaco, que produziam impressão em azul, daí o nome)

Brainstorm/Brainstorming

Tempestade de ideias, técnica de desenvolver ideias em grupo, sem filtros, sem censura, para a seleção de melhores caminhos criativos e estratégicos.

Brand

Marca que identifica empresa, produto, serviço ou ideia. Marca, símbolo, logomarca, logo. Logomarca envolve símbolo e texto, logo só símbolo (como Nike, por exemplo, ou Shell).

Branding

Desenvolvimento de imagem de marca, de conceito, de respeitabilidade.

Briefing

Resumo do problema a ser solucionado (brief…breve). Antecede do Diagnóstico (análise completa) d0 problema.

Broadcasting

Transmissões de TV e de rádio.

Brochure (Broadside)

Brochura, folheto diferenciado, mais elaborado. Folder.

Buzz

Fazer barulho, provocar buchicho, provocar comentários.

C

Copy

Texto.

Cost-per-thousand

Custo por mil (custo da veiculação por mil pessoas alcançadas)

Costumers

Consumidores

D

Database

Base de dados.

Decision Maker

Quem decide.

Design

Desenho ou técnica de desenvolver (pelo desenho) embalagens, vitrines, ambientes, utensílios e marcas, entre outros.

E

E-mail

Mensagem pela internet

E-mail marketing

Comunicação de marketing pela internet.

Endomarketing

Comunicação interna nas empresas. Na verdade, uma técnica de Relações Públicas, com novo nome.

F

Fan Page

Página de fans nas redes sociais, como o Facebook.

Filipeta

O mesmo que panfleto ou volante (em Portugal se usa filipeta, paulistas e cariocas também).

Folder

Folheto com várias páginas, mais elaborado. Folhetos geralmente tem no máximo uma dobra ou duas. Folders têm mais páginas, com capa.

Follow-up

Prosseguir, dar continuidade, acompanhar o desenvolvimento

Franchising

Operação de varejo baseada em franquia da marca, de produtos e serviços.

G

Goal

Objetivo

GRP Gross Rating Point

Audiência Bruta Acumulada.

H

Headline

Título do anúncio (nunca use tittle)

HD TV

Televisão em Alta Definição  (High Definition)

I

Idea

Ideia.

Idea Tasting

O sabor das ideias.

J

Jingle

Comercial de rádio cantado, que pode ser usado também na TV.

K

Keyboard

Teclado

Key Code

Código alfa-numérico, código-chave.

L

Label

Selo, rótulo

Layout

Rascunho, arte preliminar de um anúncio ou de outro material publicitário, como folhetos, banners, cartazes, etc.

Lead

Primeiro parágrafo de uma notícia, com os fatos mais importantes, no Jornalisemo. Na Publicidade, linha mestra, orientadora. Num vocal, o principal cantor.

Leader

Líder.

Legend

Legenda ou lenda.

Lettering

Tipologia das letras.

Life-style

Estilo de vida, forma de viver. Técnica de ambientação muito utilizada em comerciais de TV, por exemplo, com famílias reunidas.

Live  (Alive)

Ao vivo

M

Mailing  (Mailing-List)

Listagem de pessoas, com endereços postais ou eletrônicos

Mall

Área de compras e de lazer de um shopping center.

Management

Administrar, gerenciar

Mark

Objetivo, alvo. Origem da palavra marketing, segundos alguns experts, como Philip Kotler.

Market

Mercado. Considerada palavra-origem de Marketing, por muitos anos.

Marketing

Desenvolvimento de ideias e de ações para aumentar vendas, com lucro. Atingir ao alvo, objetivo de vendas.

Marketing Direto

Comunicação de marketing feita em cima de listagens de pessoas, qualificadas e classificadas sócio-economicamente.

Mass Media

Meios de comunicação de massa – TV, rádio, jornais, revistas e outdoors, principalmente.

Merchandising

Técnica de comunicação de varejo, que busca destacar um produto no ponto-de-venda, ou em espetáculos (como filmes, programas de TV, campeonatos, concursos, etc). No Brasil, erroneamente, chamam de merchandising, ou de merchan, a publicidade ao vivo feita em alguns programas de TV e de rádio.

Message

Mensagem

Media

Mídia – conjunto dos veículos de comunicação à nossa disposição. Também é o(a) profissional da área.

Mix

Mistura, elementos que integram um conjunto

N

Net

Rede, em rede nacional, por exemplo.

Network

Rede de empresas associadas, canais de TV, rádios, agências de publicidade, por exemplo.

News

Notícias, novidades.

Newspaper

Jornal

Nonverbal

Comunicação sem o uso de palavras, só com imagens e sons/música, por exemplo.

O

Off

Informação sigilosa, fornecida sem identificar a fonte. Ou, ainda, locução em off – na qual o locutor não aparece no vídeo, ou filme. Ou, desligado.

On

Ligado.

Online

Conectado, ligado (na web)

On-Pack

Brinde vendido com o produto, colado a ele (ou envolto em filme plástico – schwrink-pack)

Out-of-home

Mídia desenvolvida fora de ambientes fechados, nas ruas, por exemplo.

Outdoor ou Billboard

Anúncio em painel, exposto em ruas. Mídia exterior.

Out-of-home

O mesmo que outdoor (que significa “do lado de fora da porta”).

P

Pack/Package

Pacote, embalagem.

Planning

Planejamento (plan é plano, planner é planejador).

Pool

União, conjunto, associação.

Post

Mensagem, lembrete

Price

Preço

Product

Produto

Product Placement

Colocação do produto no ponto-de-venda.

Propaganda

Comunicação doutrinária, ideológica, política ou relegiosa. Também se refere a comunicação boca-a-boca ou presencial (face-a-face)

Propagandistas

Vendedores de laboratórios farmacêuticas e de outros produtos, como cosméticos e artigos para o lar.

Políticos e religiosos também são propagandistas de suas doutrinas e interesses.

Publicidade

Comunicação de vendas, de construção de imagem de marca (para ampliar vendas).

Public Relations

Relações Públicas (RP). Gerência de comunicação integrada de uma empresa.

Publicity

Assessoria de Imprensa, como técnica de RP.

Publicist

Assessor de Imprensa ou de Relações Públicas.

R

Research

Pesquisas, pesquisar.

ROI

Return-of-investment. Retorno do Investimento feito em Marketing ou em Comunicação.

S

Surround Sound

Som que que cerca por todos os lados. Vem de todos os lados, no cinema e na TV com home-theater (teatro em casa).

Search

Pesquisar, buscar.

Share

Fatia de mercado, pedaço, parte, participação.

Share-of-Market

Participação de mercado.

Share-of-Mind

Participação da marca na mente dos consumidores, em relação a outras marcas (geralmente concorrentes diretas).

Share-of-voice

Volume mensurado de voz, de comunicaç]apo (em comparação com a voz dos concorrentes)

Share-of-Wallet

Participação no volume de dinheiro obtido do consumidor (da carteira dele/wallet), num segmento de mercado.

Sponsorship

Patrocínio.

Start

Iniciar (algumas pessoas usam “estartar”, para iniciar).

T

Target

Alvo,objetivo, meta ou, ainda,  público-alvo, segmento do público objetivado pela comunicação e pelo marketing.

TARP

Audiência Aculumada no Target (no segmento de público desejado).

TV

Televisão  (television set)

TV 3D

Terceira dimensão, que agora chega à TV e se expande no cinema. Cria uma nova dimensão visual.

U

USP – Unique Selling Proposition

Proposta Única de Vendas, única, sem igual, sem similar.

Upgrade

Promover, valorizar

Up-to-date

Atualizado, atualizar.

V

Video

Vídeo, imagem na tela da TV ou do computador. Também é imagem gravada em fitas magnéticas (VHS, Beta-Cam)

Videocassete

Vídeo-cassete

VHF –  Very High Frequency

Frequência muito alta (canais de 2 a 13, nas TVs coinvencionais).

X

X-Rated

Censurado para menores de 18 anos.

Z

Zoom In/Out

Aproximar (in) ou se afastar(out) com movimento da lente da câmera.

W

Web

Internet (rede mundial de computadores, www significa world wide web)

Webvertising

Publicidade na web/internet.

 

 

Investir é diferente de gastar

Investir em propaganda

Hoje, o Brasil é um dos países que menos investe em propaganda no mundo todo. Apenas 0,7% do PIB Nacional é destinado para investimentos em comunicação.

Por outro lado, temos o exemplo da Espanha, país com parque industrial muito menor que o nosso, que investe 3% do seu PIB em propaganda.

Enquanto lá os empresários acreditam e apostam nos investimentos em publicidade como única forma de obter resultados de mercado, aqui o panorama é completamente diferente.

O que vemos ainda são muitos empresários brasileiros encarando como “gasto” qualquer quantia aplicada em propaganda. Talvéz porque nunca tiveram o apoio e a orientação de uma boa agênca.

A partir de uma relação de parceria com uma empresa competente e bem estruturada, que esteja sempre atenta às oportunidades do segmento de seu cliente, que tem uma forte penetração junto aos veículos e um staff profissional qualificado, todo dinheiro aplicado em propaganda vira investimento. Capaz de ser mensurado a partir de instrumentos como pesquisas de recall ou gráficos de vendas. Os exemplos estão bem próximos. Se pegarmos um produto líder de mercado, com marca consagrada junto ao seu público, certamente vamos descobrir uma boa agência por trás dele.

Portanto, já está mais do que na hora de modificarmos esta maneira antiga de pensar sobre a propaganda. Os caminhos para o desenvolvimento do nosso país passam pelas oportunidades que podem ser geradas a partir de uma relação integrada entre anunciantes e boas agências.

Fora disso, o que seria investimento realmente se transforma em gasto.

Federação Nacional das Agências de Propaganda – Fenapro

SEO | Otimização de Sites para mecanismos de busca

Soluções completas em SEO na agência tarrafa em santos e são paulo

SEO, sigla que vem do inglês Search Engine Optimization, conhecido no Brasil como Otimização de Mecanismos de Busca. A otimização de sites(SEO) é uma série de técnicas que são empregadas tanto dentro como fora do site, que tem por objetivo buscar um melhor posicionamento dentro dos buscadores como como Google e Bing.

Para otimizar um site e garantir que ele fique bem posicionado nas buscas orgânicas(Gratuito). É necessário seguir uma série de diretrizes passadas pelo Google, para garantir que ele fique amigável ao Google e outros buscadores.

Essas técnicas são empregadas tanto dentro como fora do seu site. A forma como o código do seu site foi escrito é muito importante, pois pode permitir uma indexação e posicionamento melhor ou pior, dependendo da maneira como foi estruturado. Há vezes em que sites desenvolvidos com o uso de conceitos e técnicas antigas, precisam ser totalmente refeitos para permitirem sua otimização efetiva.

Por que fazer SEO com a Agência Tarrafa

A equipe da Agência Tarrafa é formada por profissionais experientes no mercado online e motivados pelo sucesso de nossos clientes. Nós somos apaixonados por resultados.

Nosso time é multidisciplinar, e entendemos tanto de conteúdo (essencial para o Google) quanto de números, fundamental para análise e realizar bom planejamento.

  • Ganho de visitas – Com o trabalho de otimização de sites (SEO) um maior número de palavras-chave são trabalhadas e o posicionamento das mesmas tende a melhorar nos mecanismos de busca. Isto faz com que o seu website seja mais acessado por usuários dos mecanismos de busca.
  • Aumento de vendas – Uma vez que se tenha uma estratégia de ganho de visitantes e, esta estratégia funcione, os números de usuários que vêem seus produtos e/ou serviços é maior, possibilitando um maior número de vendas.
  • Análise do Retorno sobre o Investimento (ROI) – O uso de ferramentas de análise do tráfego do seu website e monitoramento de vendas pode lhe indicar perfeitamente qual o seu ROI e se sua estratégia deve ser focada mais em uma determinada palavra-chave.

Entre os pontos colocados, o que mais destaca a Otimização de Sites (SEO) entre os planos de investimento é o ROI. Diferentemente de outras mídias antigas, o SEO é totalmente mensurável, uma vez que pode-se analisar quais palavras-chave convertem mais, qual link resulta em mais visitas, qual parceiro provê os usuários que mais convertem. Este tipo de dado é muito importante quando se deseja criar uma estratégia de sucesso.

Outro pilar de sustentação para o investimento em SEO é que as empresas brasileiras descobriram (ou estão descobrindo) os Links Patrocinados como um excelente meio de divulgação de seus serviços, mas o que elas não sabem é que os resultados orgânicos possuem um maior número de cliques. Conforme um estudo conduzido pela Enquiro Research, os resultados orgânicos possuem uma taxa de cliques bem maior que os resultados de Links Patrocinados.